O Perigo dos Temperos Prontos

O Perigo dos Temperos Prontos

Faça seu próprio tempero e esqueça os industrializados: A importância do uso de temperos caseiros e o perigo dos industrializados para a comida do seu filho.

 

Cozinhar? Você é daquelas que sempre fugiu da cozinha e agora precisa fazer a comida do seu filho? Fique calma, vou ajudar você! Muitas mães começam a cozinhar após nascer o primeiro filho!!! Neste post vou falar sobre temperos caseiros e o perigo dos temperos industrializados.

Imagem TemperosFaça seu próprio tempero e esqueça os industrializados. Eles possuem altos teores de sódio e glutamato monossódico. Além dos males do sódio, que já conhecemos, temos o problema do Glutamato Monossódico (presente nos temperos e em diversos alimentos) que é ainda pior: estudos têm mostrado que o nosso organismo o utiliza como um transmissor de impulsos nervosos no cérebro e seu consumo tem sido associado com dificuldades de aprendizado, Mal de Alzheimer, Parkinson e câncer. É um dos piores aditivos alimentares no mercado e é usado em sopas enlatadas, biscoitos, carnes, saladas, refeições congeladas e muito mais. É encontrado em restaurantes e supermercados locais, na lanchonete da escola das crianças, e incrivelmente, mesmo na comida de bebê e em fórmulas infantis.
O GMS é mais do que somente um tempero como o sal e pimenta, ele realça o sabor dos alimentos, fazendo o gosto de carnes processadas e refeições congeladas ficar melhor e cheirar melhor, as saladas ficarem mais saborosas e comidas enlatadas com gosto menos metálico. Ele tem um sabor fraco, além do que, quando você ingere GMS, você pensa que o alimento que está comendo tem mais proteína e tem um melhor sabor. Ele faz isso enganando sua língua!
O pior é que, muitas vezes, o organismo fica viciado, deixando de apreciar os alimentos que não contém esse aditivo químico.
Mas não precisa ficar desesperado,
esses alimentos devem ser consumidos com menor frequência, quando não puder eliminá-los totalmente da dieta do seu filho.

SalgadinhoÀ tarde, salgadinhos muitas vezes funcionam como quebra-galho para a fome fora de hora ou o lanche que vai na lancheira do filho para a escola. Com “aroma” de queijo, cebola, ervas, churrasco, bacon, etc.o danado engana a fome – mas não alimenta! Carregado de sal, esses biscoitos ainda costumam ter gordura saturada/hidrogenada e aditivos químicos para dar cor, cheiro, textura – sem falar no grande vilão, o famoso GMSCrianças que consomem muitos alimentos com Glutamato Monossódico, normalmente, repelem alimentos naturais.

Imagem Tabela NutricionalA dica é olhar o rótulo do produto para checar seus ingredientes. E fique atenta: o primeiro item da lista de ingredientes, geralmente, é o que está presente em maior quantidade na comida. Portanto, se açúcar ou gordura estiverem no topo da lista na embalagem, talvez seja melhor procurar uma opção mais saudável.
Na maioria dos países, o glutamato monossódico é obrigado a aparecer na lista de ingredientes dos alimentos industrializados –
realçador de sabor, glutamato de sódio, GSM são alguns dos nomes utilizados para se referir ao Glutamato Monossódico.

Como ele age?

Nosso cérebro é enganado pelo Glutamato Monossódico, ele faz com que cada vez mais optemos por alimentos com esses determinados sabores, consequentemente aumentamos o consumo destes para nos satisfazer-nos. E por este motivo o consumo tem aumentado ao longo dos anos, e por consequência seus efeitos.

Quais alimentos devo evitar?


– Temperos e especiarias prontos e industrializados;
– Caldos em cubinhos, sabor: carnes, aves, peixes e vegetais;
– Molhos e condimentos prontos, enlatados ou instantâneos;
– Alimentos em conserva;
– Salgadinhos industrializados;
– Biscoitos
– Comida congelada;
– Ketchup;
– Realçadores de sabor (Tipo Ajinomoto, Sazon, etc.);
– Comidas prontas diet;
– Sopas em pó ou enlatadas;
– Carnes e linguiças curadas e defumadas;
– Proteína vegetal hidrolisada.

Temperos VerdesConfira sempre os ingredientes dos produtos que você compra, opte por comidas feitas por você, temperos frescos e caseiros. Coma menos enlatados, comidas prontas, papinhas prontas, isso fará uma enorme diferença na saúde da sua família. O futuro saudável das crianças está em uma boa alimentação desde os primeiros anos.

Não esqueça: você é o que você come!

Leve mais saúde para a sua mesa!

Não esqueça: Cada criança tem a sua particularidade e cada pediatra tem a sua conduta, por isso, não esqueça de sempre consultar o seu!
Esta é uma dica de mãe para mãe!


Gostou desta dica? Curta minha FanPage no Facebook, inscreva-se no meu canal do YouTube, sempre terá muita novidade e receitas para facilitar o seu dia a dia!

YouTube: https://www.youtube.com/c/tatialvares
Facebook: https://www.facebook.com/tatinhaalvares


Um beijo e até o próximo post!

Fontes de pesquisa:
FAO Nutrition Meetings -Report Series No. 48A WHO/FOOD ADD/70.39 TOXICOLOGICAL EVALUATION OF SOME EXTRACTION SOLVENTS AND CERTAIN OTHER SUBSTANCES” – Link: http://www.inchem.org/documents/jecfa/jecmono/v48aje09.htm
LUCAS, D.R. and NEWHOUSE, J. P. The toxic effect of sodium-L-glutamate on the inner layers of the retina. AMA Arch Ophthalmol 58: 193-201, 1957. – Link: http://archopht.jamanetwork.com/article.aspx?articleid=625186
OLNEY, J.W. Brain lesions, obesity, and other disturbances in mice treated with monosodium glutamate. Science 164: 719-721, 1969. – Link: http://www.sciencemag.org/content/164/3880/719

 


Comentarios

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *